Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Dois homens que pretendiam instalar facção criminosa em Santarém serão transferidos para o Amapá; mulher foi solta

Quadrilha foi presa em flagrante na sexta-feira 7 em um hotel. Objetivo de criminosos era realizar crimes como assalto a mão armada e tráfico de drogas.

 
 -   /
/ /

Após passar por audiência de custódia na terça-feira (11) em Santarém, no oeste do Pará, a mulher que fazia parte da quadrilha do estado do Amapá que pretendia instalar uma facção criminosa no município foi solta. Já os dois homens foram encaminhados para o Centro de Recuperação Agrícola Sílvio Hall de Moura (Crashm).

O superintendente de Polícia Civil do Baixo Amazonas, Jamil Casseb, contou que apesar de a mulher ter sido autuada em flagrante, ela foi a única que foi liberada mediante uma série de condições. “Os demais integrantes estão todos recolhidos a penitenciária, dois deles serão transferidos ao estado do Amapá, isso demonstra que há uma atividade criminosa muito grande sendo realizada em Santarém, mas em contrapartida o combate tem sido incansável e incessante”, disse o delegado.

A prisão

A quadrilha tinha sido presa em flagrante na noite de sexta-feira (7) por policiais do serviço reservado de inteligência da Polícia Civil que estavam monitorando essas pessoas. Segundo a Polícia, o objetivo deles era realizar na cidade crimes como assalto a mão armada e tráfico de drogas. No momento da prisão, os policiais encontraram com eles armas de fogo, mais de R$ 5 mil e celulares.

De acordo com a Polícia, eles estavam usando documentos falsos, e um dos suspeitos possuía um mandado de prisão em aberto.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE