Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Ufopa e 5ª URE lançam cartilha para auxiliar profissionais da educação sobre direitos da comunidade escolar

Cartilha é um convite para que profissionais na educação pensem em como tecer alianças nos territórios onde sua escola está inserida.

 
 -   /
/ /

Foi lançada de forma remota no último dia 15 de fevereiro, a cartilha “A escola e a rede intersetorial: construindo caminhos para assegurar direitos", fruto da parceria entre Ufopa e a 5ª Unidade Regional de Educação (URE), vinculada à Secretaria de Estado de Educação do Pará. O documento foi produzido após a realização de oficinas com profissionais da rede estadual de educação, em outubro de 2020.

Segundo Edileusa Maria Lobato Pereira, técnica em gestão pública e assistente social da 5ª URE, a cartilha tem o objetivo de realizar um trabalho preventivo e informativo, considerando a importância de oportunizar aos profissionais da educação o conhecimento da Rede Intersetorial.

"Entendemos que a escola está inserida em um território, em uma comunidade, e é um espaço de relações sociais onde podem surgir diversas demandas, por isso, é fundamental estarmos atentos às questões que emergem no contexto escolar, bem como é importante acolher e realizar os encaminhamentos que se fizerem necessários”, destacou Edileusa Pereira.

Com o tema sobre a intersetorialidade, as oficinas foram conduzidas pelo professor Rui Harayama, do Instituto de Saúde Coletiva (Isco) da Ufopa. A apresentação foi exibida no canal da 5ª URE, dia 15 de fevereiro deste ano.

Para a técnica em gestão pública e psicóloga da 5ª URE, Cassiane Perin Fanale a importância de conhecer a rede, acioná-la quando for necessário, e realizar parceria com as instituições e com os profissionais que compõem essa rede é fundamental para garantir direitos das crianças, adolescentes, jovens e adultos que estão matriculados na rede de ensino de Santarém.

Professor da Ufopa, Ruy Harayama defende que a parceria entre a Universidade e a educação básica, na implementação de parcerias para pensar a intersetorialidade e garantia de direitos da comunidade escolar é essencial. "Essa cartilha é um convite para que profissionais na educação pensem em como tecer alianças nos territórios onde sua escola está inserida", pontuou.

VÍDEOS: Mais vistos do G1 Santarém e Região

200 vídeos Adolescente de 15 anos morre afogado na praia do juá, em Santarém Governador o PA Helder Barbalho, anuncia mudança de bandeiramento para região oeste Parcela do auxílio emergencial já está disponível

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE