Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Iraque se prepara para receber o Papa

Para o governo, uma visita do Papa sinalizará que outros líderes internacionais podem visitar o país. O momento, no entanto, é difícil: o Iraque enfrenta uma alta nos números de infecções pelo coronavírus.

 
 -   /
/ /

Prestes a receber o Papa Francisco para uma visita entre os dias 5 e 8 de março, o Iraque enfrenta desafios logísticos e uma alta nos números de infecções pelo coronavírus.

Francisco é o primeiro Papa na história a visitar o Iraque, um país muçulmano de maioria xiita.

O Vaticano disse aos iraquianos que o Papa não pode dar mais do que dez passos. Uma pessoa que trabalha na presidência do país afirmou que eles não sabem como lidar com esse problema.

O governo está feliz com a visita do Papa, que sinaliza que o país pode ser visitado por outras autoridades estrangeiras. A ida do Papa, no entanto, ocorre em um momento muito difícil.

Papa celebra missa da quarta-feira de cinzas na Basílica de São Pedro Papa celebra missa da quarta-feira de cinzas na Basílica de São Pedro 2 min

Papa celebra missa da quarta-feira de cinzas na Basílica de São Pedro

window.PLAYER_AB_ENV = "prod"

Há algumas semanas houve um novo pico de infecções por coronavírus, com 4.000 casos diários (antes, eram menos de mil por dia). Entre os novos pacientes está o embaixador do Vaticano em Bagdá, Mitja Leskovar.

Com esse aumento de casos, há o temor que as missas se tornem grandes focos de contágio.

O papa e dezenas de jornalistas e autoridades eclesiásticas em seu avião foram vacinados, mas os cerca de 40 milhões de iraquianos nem começaram a receber as primeiras doses.

Os iraquianos pouco respeitam o distanciamento físico, quarentenas e máscaras. Os organizadores da visita papal limitaram o número de pessoas nas missas.

O estádio de Erbil, com capacidade para 20 mil pessoas, receberá cerca de 4 mil fiéis na missa dominical, segundo fontes próximas à organização.

O Papa não terá encontros com multidões.

Durante toda a visita papal haverá confinamento nacional e "forças de segurança serão mobilizadas para garantir a segurança das estradas", explicou o vice-ministro das Relações Exteriores, Nizar Kheirallah.

Violência e jihadistas

Em Bagdá, os sinos das igrejas foram lustrados e há cartazes com mensagens de boas-vindas ao soberano pontífice.

"Queremos consertar pequenas coisas para que nossa cidade histórica, um símbolo de toda a humanidade, possa receber o papa", disse o prefeito de Bagdá, Alaa Maan.

Em três dias, o papa argentino planeja percorrer mais de 1.645 quilômetros, a maioria por via aérea, o que significa especificamente que em um país como o Iraque seu helicóptero ou avião sobrevoará áreas onde jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI) ainda se escondem.

Ele estará em Bagdá e Erbil, duas cidades onde foguetes foram lançados recentemente contra alvos ligados aos Estado Unidos.

Papamóvel

O "papamóvel", veículo semiaberto em que o papa costuma mergulhar em meio à multidão que o aclama atrás de vidros blindados, a priori, não estará na viagem.

A visita do papa também se traduzirá, principalmente para os habitantes do sul, rural e tribal, que costumam se manifestar para exigir melhores infraestruturas, em melhorias inesperadas.

Na província de Zi Qar, onde o papa visitará no sábado a antiga Ur, as estradas estão sendo pavimentadas e pintadas. Também foram instalados pontões de madeira e protetores solares e haverá visitas guiadas na web.

Os moradores da província de Zi Qar fizeram protestos contra o governo em 2019. Os atos foram retomados nas últimas semanas. Seis manifestantes morreram.

Depois de Ur, o Papa falará ao mundo a partir de Mossul, símbolo das atrocidades do Estado Islâmico de 2014 a 2017, e visitará Qaraqoch, uma cidade cristã.

Veja os vídeos mais assistidos do G1

200 vídeos Ovelha resgatada na Austrália produz 35 kg de lã VÍDEOS: autoridades relatam apreensão com UTIs lotadas e aumento da Covid nos estados Família conta que duas irmãs estão com 'doença da urina preta' após comer peixe no Recife

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE