Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Pesquisa indica queda no crescimento econômico brasileiro para 2021

A previsão para 3,17% é uma estimativa que está no boletim Focus, uma pesquisa divulgada semanalmente pelo Banco Central

 
O Crescimento da economia brasileira deve cair em 2021, segundo estimativas dos principais indicadores econômicos. A previsão do mercado financeiro para o crescimento da economia do país neste ano caiu de 3,18% para 3,17%. Esta é a quinta semana seguida de redução da projeção do Produto Interno Bruto (PIB) - a soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Essa estimativa está no boletim Focus, publicado na segunda-feira (5), que é uma pesquisa divulgada semanalmente pelo Banco Central (BC) com a projeção para os principais indicadores econômicos.

Bolsonaro assina MP que moderniza e desburocratiza ambiente de negócios no país

Colapso de sistema de saúde alcançando municípios era alertado em 2020

Apesar disso, para o ano de 2022, a expectativa para PIB é de crescimento de 2,33%. Em 2023 e 2024, o mercado continua projetando expansão da economia em 2,50%. No caso da taxa básica de juros, a Selic, as instituições financeiras consultadas pelo Banco Central mantém a projeção para este ano, de 5% ao ano. Atualmente, a Selic está estabelecida em 2,75% ao ano pelo Comitê de Política Monetária (Copom). Para o fim de 2022, a estimativa do mercado é que a taxa básica suba para 6% ao ano. E para o fim de 2023 e 2024, a previsão é 6,50% ao ano e 6,25% ao ano, respectivamente.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE