Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Volta às aulas presenciais: Cerca de 70 mil estudantes retornam às escolas em Belém e Marabá

Retorno nesta segunda-feira tem regime de revezamento e as escolas passam a adaptar suas rotinas para obedecer protocolos de segurança contra o coronavírus.

 
 -   /
/ /

Cerca de 70 mil alunos retornaram às aulas presenciais nesta segunda-feira (13) em Belém e Marabá. Porém, as escolas municipais adotam o revezamento para evitar aglomerações e cumprir protocolos de segurança contra o coronavírus.

Na capital paraense, 72 mil estudantes estão matriculados na rede municipal de ensino, porém apenas 20 mil retornam ao ensino presencial nesta primeira fase, que começou com a Educação Infantil nesta segunda - veja no vídeo acima.

Em Marabá, no sudeste paraense, cerca de 54 mil estudantes da zona urbana e da zona rural começam a retornar às atividades presenciais, em regime de revezamento - confira no vídeo abaixo.

Marabá retoma nesta segunda-feira, 13, as aula presenciais do ensino municipal

Marabá retoma nesta segunda-feira, 13, as aula presenciais do ensino municipal

window.PLAYER_AB_ENV = "prod"

Belém

Os alunos foram distribuídos em grupos de 25% das turmas e comparecimento presencial em dias alternados. As turmas de meio período retornarão em grupos com 33% dos alunos em dias alternados.

Na semana que vem, são os estudantes do primeiro ao quinto ano do Ensino Fundamental e da 1ª e 2ª totalidade da Educação de Jovens, Adultos e Idosos (Ejai), com os alunos distribuídos em grupos de 33% das turmas e comparecimento presencial em dias alternados.

No dia 27, é a vez do último grupo retomar as atividades presenciais, os alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e da 3ª e 4ª totalidade da Educação de Jovens, Adultos e Idosos (EJAI), com os alunos distribuídos em grupos de 33% das turmas e comparecimento presencial em dias alternados.

A aulas presenciais foram suspensas em março de 2020, com um pequeno retorno no mês de setembro, mas teve nova suspensão em outubro de 2020. O retorno presencial passou a ser programado após a vacinação de trabalhadores da educação e preparação das escolas nos últimos meses.

Calendário:

  • 20 de setembro de 2021: retorno presencial dos anos iniciais, ou seja, do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental e da 1ª e 2ª totalidade da Educação de Jovens, Adultos e Idosos (Ejai), com os alunos distribuídos em grupos de 33% das turmas e comparecimento presencial em dias alternados;
  • 27 de setembro de 2021: retorno presencial dos anos finais, ou seja, do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e da 3ª e 4ª totalidade da Educação de Jovens, Adultos e Idosos (EJAI), com os alunos distribuídos em grupos de 33% das turmas e comparecimento presencial em dias alternados.

Marabá

Escolas de Marabá passaram por várias adaptações para receber alunos de volta às atividades presenciais — Foto: Dione Freires/TV Liberal

De acordo com a Secretaria de Educação de Marabá, foram instalados ventiladores a mais nas salas de aula, pias, em ambientes das escolas e serão oferecidas máscaras e álcool 70%, além da medição de temperatura dos alunos na entrada das instituições.

Durante o mês de setembro, as atividades funcionarão em regime de revezamento, sendo que 50% do total de alunos matriculados na turma serão atendidos de forma presencial e, os outros 50%, em atividades remotas.

Alunos da rede municipal devem passar por uma avaliação diagnóstica para identificar dificuldades de aprendizado — Foto: Secom/Semed

A expectativa é que se retome 100% às atividades presenciais no mês de outubro, mas isto dependerá da avaliação do contexto epidemiológico que será realizada pela Vigilância Sanitária e Comitê de Combate à Pandemia da Covid-19 do município de Marabá.

Com as turmas de Educação Infantil, anos iniciais do Ensino Fundamental, Educação de Jovens e Adultos-EJA (1ª e 2ª Etapas) e Sistema de Organização Modular de Ensino (SOME), o revezamento será diário, alternando entre um dia e outro. Já nas turmas dos anos finais do Ensino Fundamental e EJA (3ª e 4ª etapas), o revezamento será semanal.

Os alunos da rede municipal devem passar por uma avaliação diagnóstica que apontará quais os conteúdos há maior defasagem. A partir daí, será desenvolvido um trabalho específico para fortalecer a aprendizagem. Em Marabá, o ano letivo está previsto para encerrar em 8 de dezembro.

VÍDEOS com as principais notícias do Pará

200 vídeos

Veja outras notícias do estado no G1 PA

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE