Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Na Califórnia, eleitores decidem nesta terça-feira se mantém o governador no cargo até o fim do mandato

Gavin Newsom pode perder o mandato depois que 1,5 milhão de pessoas convocaram uma eleição de recall .

 
 -   /
/ /

Os eleitores do estado da Califórnia, nos Estados Unidos, votam nesta terça-feira (14) se vão revogar o mandato do atual governador, Gavin Newsom, ou se vão mantê-lo no poder.

Newsom está em seu primeiro mandato. Ele já havia sido prefeito da cidade de San Francisco.

Ele é tido como uma pessoa popular na maior parte dos estados liberais dos EUA. Se os eleitores decidirem encurtar seu mandato, isso pode representar um risco para o Partido Democrata –em 2022 há eleições para renovar o Legislativo do país.

Pelas regras da Califórnia, é preciso um abaixo-assinado com 15% dos eleitores da última votação para convocar uma eleição de “recall”.

A campanha para revogar o mandato de Newsom ganhou força com os conservadores, que discordam de políticas sobre direitos dos LGBTQI+, crime e imigração. Eles ficaram ainda mais contrariados com a gestão da pandemia (escolas foram fechadas e há obrigatoriedade de máscaras e vacinas).

Acredita-se que Newsom quer, em algum momento, concorrer ao cargo de presidente.

As últimas pesquisas mostram que ele tem apoio para continuar. A Universidade da California em Berkley publicou uma pesquisa que mostra que ele tem mais de 60% de apoio.

Na votação antecipada, os democratas compareceram com mais de o dobro de votos dos republicanos.

Se ele vencer, vai começar a sua campanha de reeleição como favorito.

Nova York e Califórnia suspendem quase todas restrições contra a Covid

Nova York e Califórnia suspendem quase todas restrições contra a Covid

window.PLAYER_AB_ENV = "prod"

Entenda por que há eleição de 'recall'

As regras eleitorais da Califórnia permitem esse tipo de "recall" –recentemente, houve mudanças na legislação que facilitaram a convocação desse mecanismo: é preciso reunir o equivalente a 12% dos eleitores que participaram da última votação.

Para a chamada pública de Newsom, foi necessário reunir a assinatura de 1,5 milhão de eleitores (a Califórnia tem 40 milhões de habitantes).

Newsom venceu em 2018. Ele obteve quase 62% dos votos sobre John Cox, que recebeu 38%. O resultado não surpreendeu, pois a Califórnia tem uma tendência de esquerda na política americana. Os membros do Partido Democrata superam os do Republicano em uma proporção de dois para um.

Veja os vídeos mais assistidos do G1

200 vídeos

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE