Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Ufopa anuncia construção de setores zootécnicos da Fazenda Experimental em Santarém

A ordem de serviço no valor de R$ 921.692,83 será assinada na quinta-feira 16 para construção de setores na fazenda.

 
 -   /
/ /

A Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) investirá quase R$ 1 milhão de reais para a construção de setores zootécnicos da Fazenda Experimental. Para isso, a ordem de serviço para início das obras será assinada na manhã de quinta-feira (16), na Fazenda, situada na Rodovia Curuá-Una, km 37, em Santarém, no oeste paraense.

“A obra dos setores zootécnicos é uma demanda antiga e importante para fomentar ações de ensino, pesquisa e extensão, atendendo com melhor qualidade discentes de Santarém e demais campi, assim como as comunidades do entorno. Acreditamos que a Fazenda Experimental seja um patrimônio científico do Oeste do Pará”, afirmou a vice-reitora da Ufopa, Aldenize Xavier.

No valor de R$ 921.692,83, a ordem de serviço visa à construção de edificações térreas, denominadas de blocos, para a instalação dos setores zootécnicos de Avicultura, Granja Leiteira, Gado de Corte e Suinocultura, essenciais para o curso de Zootecnia do Instituto de Biodiversidade e Florestas (Ibef). A ordem de serviço também inclui a construção da infraestrutura viária e elétrica para esses setores, além da perfuração de poço tubular profundo para captação de água.

“Essa obra é muito esperada pelo curso de Zootecnia, pois esses setores impactam muito o aprendizado dos alunos. Esses espaços servirão para aulas práticas, desenvolvimento de trabalhos de conclusão de curso, iniciação científica e pesquisas de pós-graduação”, afirmou o coordenador da Fazenda Experimental da Ufopa, professor Ronaldo Lima.

Para Ronaldo, com a estruturação da Fazenda, além de fortalecer a extensão rural através de difusão de tecnologias, o espaço servirá como modelo de produção para os produtores rurais. Além disso, a implantação dos setores zootécnicos é um passo importante para sustentabilidade da Fazenda.

“Nosso objetivo é que a Fazenda Experimental se torne autossustentável financeiramente, e os setores podem contribuir para isso. Por exemplo, teremos um setor de bovinos leiteiros que produzirá leite e poderá ser comercializado. Um setor de avicultura que poderá produzir ovos para o Restaurante Universitário”, pontuou Ronaldo.

O que será construído

  • 1 — Infraestrutura viária para os setores zootécnicos: obra para abertura e alargamento de ramais de acesso aos setores zootécnicos, bem como limpeza da vegetação superficial.
  • 2 — Infraestrutura elétrica para os setores zootécnicos: trata-se da execução de postes e todo o cabeamento e demais estruturas necessárias para levar energia elétrica às edificações.
  • 3 — Bloco do Setor de Avicultura: edificação térrea de concreto e fechamento em tela.
  • 4 — Bloco do Setor de Granja Leiteira: edificação térrea de concreto e fechamento em alvenaria para alguns ambientes; e para outros com guarda-corpo em estrutura tubular galvanizada nos espaços de contato com os animais; e com quatro fios de arame para outras áreas de contato com animais.
  • 5 — Bloco do Setor de Gado de Corte: edificação térrea de madeira (estábulo) e fechamento em guarda-corpo em estrutura tubular galvanizada nos espaços de contato com os animais.
  • 6 — Bloco para o Setor de Suinocultura: trata-se de cercado com estrutura de madeira e fechamento em arame.

VÍDEOS: Mais vistos do G1 Santarém e Região

200 vídeos

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE