Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Frio em outubro? Tempestade de neve atinge Sul da Argentina e massa de ar frio predomina no Sul do Brasil

No Rio Grande do Sul, combinação de frio e umidade provoca chuvas, neste final de semana

 
Em plena primavera no Hemisfério Sul, a tempestade de neve atinge o extremo sul do continente americano, neste final de semana. No Brasil, uma massa de ar frio predomina na Região Sul do Brasil até quarta-feira (20).

No começo da tarde de sábado (16), o aeroporto de Ushuaia, na Argentina, registrava a temperatura entre 0°C e 1°C, com pouca oscilação. O Serviço Meteorológico Nacional do país argentino classificou a nevada como “impressionante” para a segunda metade do mês de outubro.

De acordo com o MetSul Meteorologia, o bolsão de ar gelado que provoca neve no Sul da Argentina deve avançar para o Norte, pelo Oceano Atlântico, margear a costa argentina e chegar ao litoral sul brasileiro na terça (19) e quarta-feira (20).

Oscilação Antártica 

De acordo com meteorologistas, o cenário é provocado pela Oscilação Antártica. O fenômeno está relacionado às mudanças na posição de correntes de jato, sistemas frontais, ciclone e anticiclones. O índice é calculado pela diferença de pressão zonal (oeste-leste) entre as latitudes de 40° e 65° Sul.

Segundo a meteorologista Andrea Ramos, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), quando o índice está positivo, o fluxo de jato é mais zonal e intenso nas proximidades da Antártica, o que não influencia no Brasil.

Já quando o índice está negativo, como acontece neste momento, o fluxo de jato consegue transitar de forma meridional (norte-sul), o que leva frentes frias para Argentina, Uruguai e Sul do Brasil.

Apesar da oscilação estar negativa, a meteorologista explica que a massa de ar frio ainda está mais concentrada no sul da Argentina. “A tendência é seguir esse padrão e não adentrar na Região Sul do país. O máximo que vai acontecer [no Sul do Brasil] é um declínio de temperatura. Ainda sim, é mais de acordo com o anticiclone, em função de uma frente [fria] que passou e, por isso, as temperaturas já estão mais amenas. Segunda e terça tendem a manter esse padrão.”

No entanto, até mesmo os moradores do estado gaúcho estranharam a temperatura mais amena em pleno outubro. “Nessa época do ano não é normal esse frio aqui. Normalmente, aqui já fica na casa dos dois dígitos: mínimas de 12°C e 14°C. É muito difícil ter mínimas de 6°C”, comenta Gabriela Punkslind, moradora de Canela (RS).

Chuvas

Após a passagem do anticiclone, o ar frio do oeste e sul do Rio Grande do Sul encontrou com a alta umidade do ar vinda do nordeste do estado, provocando fortes chuvas na Grande Porto Alegre, na Serra e no Litoral Norte, neste final de semana.

Em Capão da Canoa, no litoral gaúcho, a forte chuva provocou alagamentos.

A previsão do tempo para esta segunda-feira (18), na Região Sul do Brasil é de céu nublado, com possível garoa ao longo do dia por todo o estado do Paraná. No litoral de Santa Catarina, haverá sol entre muitas nuvens e chuva a qualquer hora. O sol aparece entre as nuvens no sudoeste do Paraná, oeste catarinense e litoral do Rio Grande do Sul. 

A temperatura varia entre 6 e 24 graus. Em toda a região a umidade relativa do ar fica entre 40% e 100%. As informações são do Somar Meteorologia.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE