Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Após anunciar cancelamento do réveillon, Marabá tem evento público com aglomeração

Cidade registrou aumento de casos e cancelou festividades de fim de ano, mas fim de semana teve evento com pessoas sem máscara e aglomeradas. Prefeitura reforça necessidade de a população usar proteção e se vacinar.

 

Com o aumento de casos de Covid-19, a prefeitura de Marabá, na região de Carajás, cancelou as festividades públicas de Reveillón.

Segundo a prefeitura, a medida é necessária e deve ser mantida até que toda a população esteja com a imunização completa. A cidade com cerca de 280 mil habitantes, tem 166 mil de seus moradores com a primeira dose recebida e 92 mil imunizados com as duas doses contra a Covid.

O anúncio de cancelamento do Reveillon ocorreu na última semana e gerou critica entre os moradores em redes sociais no domingo (28). Isso porque no sábado (27), ocorreu evento com aglomeração na cidade.

A prefeitura disponibilizou um telão para que os moradores assistissem à final da Libertadores em um ponto turístico na orla da cidade. Imagens que circulam nas redes sociais mostram que centenas de pessoas foram ao local e algumas estavam sem máscara - veja no vídeo acima.

Em nota, a prefeitura informou ao g1 que orienta o moradores para o uso de máscara "infelizmente parte da população insiste ainda na não existência do vírus ou que a pandemia acabou. Buscamos sempre alertar e fiscalizar".

Cancelamento do Reveillon

Segundo a prefeitura, as festividades públicas na orla da cidade foram canceladas e a fiscalização na cidade deve ser intensificada para garantir a segurança sanitária em eventos particulares.

"Os eventos particulares serão fiscalizados de forma ostensiva visando o cumprimento da apresentação do cartão de vacinação ou teste de Covid-19 com resultado negativo", informou em nota.

em relação ao carnaval, que outras prefeituras do Pará já anunciaram cancelamento, a prefeitura está debatendo sobre o assunto para decidir se haverá ou não carnaval.

Aumento de casos de Covid

O número de internações por Covid-19 aumentou na cidade e todos os leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital municipal estavam ocupados até sexta-feira (26), assim como a ala da enfermaria, com15 dos 16 leitos exclusivos para pacientes com Covid cheios.

Hospital municipal é a única unidade do município a receber pacientes com sintomas moderados e graves de Covid-19. — Foto: Bruno Cecim/Agência Pará

Em uma rede social, o governador do Pará , Helder Barbalho (Mdb), atribuiu o aumento da incidência de casos à baixa cobertura de vacina.

"Relação direta entre cidades que menos vacinaram e aumento de casos de coronavírus. Não é possível que por falta de se vacinar, tenhamos o risco de voltar a viver o que vivemos", afirmou .

Leia também:

  • Covid-19: Marabá tem 100% dos leitos de UTI ocupados; Governo do Pará atribui aumento à baixa vacinação
  • Itaituba cancela programação de aniversário, réveillon e carnaval 2022 por causa da Covid-19
  • Prefeitura confirma o carnaval de 2022 em Belém
  • Prefeitura de Vigia, nordeste paraense, cancela carnaval 2022

VÍDEOS com às principais notícias do Pará

200 vídeos

Veja outras noticias do estado no g1 Pará

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE