Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Restaurante Universitário da UFPA vai reabrir com feijoada no cardápio

A partir de 17 de janeiro, mudanças no atendimento seguem protocolos de biosegurança contra a Covid-19, diz a instituição.

 

Com o retorno total das atividades presenciais em 2022, o Restaurante Universitário (RU) da Universidade Federal do Pará (UFPA) deve reabrir ao público a partir da próxima segunda-feira (17). O cardápio do primeiro dia será feijoada, um dos mais queridos pelos estudantes.

Estudantes de graduação e pós-graduação da UFPA, visitantes de outras instituições de ensino superior e estudantes da educação básica continuam pagando R$ 1 pela refeição no RU. A taxa zero para subsidiados pela Superintendência de Assistência Estudantil (Saest/UFPA) também será mantida.

Já no caso de servidores, terceirizados e visitantes que não sejam estudantes, o valor foi reajustado para R$ 10, conforme deliberado pelo Conselho Superior de Administração (Consad), em cumprimento à decisão do Tribunal de Contas da União (TCU).

Novas medidas

Para se adaptar aos novos protocolos de biossegurança, exigidos em função da pandemia de Covid-19, as unidades do RU devem passar por reformas para adaptação dos espaços.

Segundo a responsável técnica pelo restaurante, Elenilma Barros, a necessidade de apresentação do comprovante de vacinação será diária, junto a um documento de identificação original com foto.

Os espaços internos e externos serão sinalizados para orientar o distanciamento social e as mesas serão organizadas de modo a evitar que as pessoas fiquem de frente umas para as outras.

Também haverá orientação para a retirada correta das máscaras nos espaços internos do RU, que só poderá ocorrer no momento de consumir a refeição, devendo ser armazenada corretamente quando fora de uso, sem que fiquem expostas sobre as mesas.

A UFPA informou também que foram instaladas novas pias para lavagem de mãos e disponibilizados totens de álcool gel em locais estratégicos — na entrada e saída de cada unidade.

Os protocolos ainda ressaltam que o acesso aos bebedouros do RU, que apenas poderá ocorrer mediante o uso de garrafas ou copos reutilizáveis.

A compra da refeição continuará por ticket de refeição, mas o 'self-service' será suspenso temporariamente. As preparações que compõem os cardápios serão manipuladas apenas pelos colaboradores, no formato 'bandejão'.

Quanto ao tempo de permanência dos usuários no RU, a recomendação é a de que os próprios usuários se conscientizem sobre o tempo limite de permanência, que deve ser de 15 a 20 minutos, para que a rotatividade seja constante.

Acessibilidade

Para garantir o consumo seguro, além da sinalização com adesivagem, orientações informativas e fiscalização técnica, a Saest também disponibilizará no local intérpretes visuais e de Língua Brasileira de Sinais (Libras) para os primeiros dias de retomada.

VÍDEOS com notícias do Pará

200 vídeos

Veja outras notícias do estado no g1 Pará.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE