Cidades

Cidades

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Inscrições estão abertas para curso de apadrinhamento de crianças e adolescentes em abrigos no Pará

Capacitação gratuita será de 27 de janeiro a 21 de fevereiro e será realizada no formato on-line.

 

Estão abertas, até dia 19 de janeiro, as inscrições para o curso de apadrinhamento afetivo Conta Comigo, promovido pelo Tribunal de Justiça do Pará (TJPA). A inscrição é feita em formulário on-line.

A capacitação gratuita será de 27 de janeiro a 21 de fevereiro, com carga horária de 30 horas, e será realizada no formato on-line.

O curso é destinada a voluntários interessados em se tornarem padrinhos ou madrinhas afetivas de crianças e adolescentes abrigados.

Também podem participar do curso pessoas interessadas em participar de outro tipo de trabalho voluntário nos serviços de acolhimento.

O conteúdo deve ser disponibilizado na plataforma de Educação a Distância (EaD) do TJPA. Entre os temas abordados estão “O que é ser madrinha e padrinho?”, “Conhecendo os afilhados e afilhadas” e “Formação e construção de novos vínculos afetivos”.

Madrinhas e padrinhos afetivos do "Conta Comigo" podem realizar atividades com afilhados e afilhadas, como passeios e orientação escolar ou profissional - para adolescentes próximos aos 18 anos - ou mesmo atividades diárias mais simples, em convivência familiar.

Segundo o TJPA, o apadrinhamento oferece oportunidade a crianças e adolescentes de terem experiências sociais, culturais e afetivas que são consideradas raras, pois vivem em instituições de serviço de acolhimento.

Sobre o programa

O Programa de Apadrinhamento Afetivo “Conta Comigo” surgiu em 2014, por meio de parceria entre a Coordenadoria Estadual da Infância e da Juventude (CEIJ) do TJPA, as Varas da Infância e Juventude participantes e os serviços de acolhimento da região metropolitana de Belém.

O programa estimula uma relação amistosa, em que madrinhas e padrinhos se tornam referências afetivas na vida de afilhados e afilhadas, ao proporcionarem experiências positivas, que contribuam para a promoção do desenvolvimento e da autonomia. Ainda segundo o TJ, não se trata de assumir papel de mãe, pai ou parente próximo dos afilhados.

Mais informações estão no site do programa, pelos telefones (91) 3205-2716, (91) 3205-2389 ou e-mail contacomigo@tjpa.jus.br

VÍDEOS com notícias do Pará:

200 vídeos

Veja outras notícias do estado no g1 Pará

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE